Para sua segurança e dos demais veículos, ao rodar com determinados tipos de cargas pelas estradas e rodovias federais, é preciso escolta da Polícia Rodoviária Federal. Mas que cargas são essas? E como fazer um agendamento de escolta da PF? Para tirar essas dúvidas, confira as dicas abaixo:

Cargas especiais
A escolta é voltada para veículos com cargas superdimensionadas, indivisíveis, excedentes em peso ou dimensões e outras cargas que, pelo grau de perigo, necessitem de autorização especial para transitar. No geral, a escolta da PRF é exigida para cargas com largura acima de 5m e/ou comprimento acima de 35m ou altura acima de 5,50m e/ou peso acima de 100 toneladas.

Agendamento Polícia Rodoviária Federal
Para realizar o agendamento de escolta da PRF, o estradeiro deve seguir alguns passos:

Através do e-mail escolta@prf.gov.br enviar ao Centro Nacional de Operações da PRF um requerimento com a qualificação do requerente, data de previsão do início da escolta e os seguintes documentos digitalizados:
a) Número da Autorização Especial de Trânsito – AET – emitida pela autoridade competente;
b) CRLV dos veículos do conjunto transportador e de escolta credenciada;
c) CNH dos motoristas do conjunto transportador e de escolta credenciada;
d) Certificado de aprovação no curso especializado para condutores de veículos de transporte de carga indivisível, conforme Portaria 26/05 do DENATRAN, caso não estiver averbado na CNH do(s) motorista(s) do conjunto transportador;
e) Certificado de Vistoria do Veículo de Escolta;
f) Licença do Motorista de Escolta;
g) Formulário de Vistoria de Cargas Especiais preenchido;
h) Checklist que contemple no mínimo as informações previstas no MPO (Manual de Procedimento Operacional) 017.

2. Em até 48 horas úteis preencher e recolher o valor através de GRU por meio do endereço eletrônico: http:// www.prf.gov.br/gru/

3. Enviar o comprovante de pagamento da GRU para conferência pelo CNO da efetivação da compensação bancária, por meio do Sistema de Administração Financeira (SIAFI).

4. Em até 72 horas úteis, aguardar ordem de serviço da DFT com cronograma da operação.

Após seguir esses procedimentos, é só seguir viagem tranquilo!

Quer mais informações sobre o dia a dia na boleia? Continue rodando aqui pelo site ou acesse nosso Facebook.