Uma das partes mais importantes de todo o sistema de alimentação do seu caminhão é a bomba injetora de combustível, por isso ela precisa de uma atenção especial. Mas antes de falar sobre como cuidar desse componente, é preciso entender qual sua importância e funcionamento.

A bomba injetora é responsável por enviar o combustível do tanque até o sistema de alimentação do motor, ou seja, sem ela o diesel ficaria parado dentro do tanque e de nada adiantaria abastecê-lo. Quando o combustível está dentro do motor e você liga o caminhão, ocorre a combustão e você pode pegar a estrada. No mercado existem dois tipos de funcionamento: mecânico e elétrico. O modelo elétrico é mais moderno, está presente nos veículos que possuem injeção eletrônica e com ele o processo de injeção de combustível é administrado por unidades de comando eletrônicas. Já as bombas mecânicas são as reguladas por bombistas (profissionais capacitados) de forma manual.

Para garantir que seu caminhão continue rodando com segurança e sem problemas no trajeto do diesel, entre o tanque e o motor, são necessárias três coisas: adquirir uma bomba injetora de qualidade, avaliá-la regularmente e fazer a troca dentro do tempo certo. O período indicado para trocar a bomba de combustível é, em média, a cada 150 mil quilômetros rodados, mas é preciso ficar atento aos sinais que podem indicar problemas na peça:

• Excesso de fumaça saindo do escapamento;
• Falhas no motor;
• Queda no rendimento do combustível;
• Sons e ruídos incomuns;
• Queda gradual da potência do motor;
• Demora para dar a partida;
• Oscilação na rotação do motor.

Além da atenção direta com a peça, é preciso tomar cuidado com o tipo de combustível que você usa para abastecer seu caminhão, pois diesel adulterado e de má qualidade também pode danificar a bomba. Converse com outros colegas e procure sempre abastecer em locais confiáveis. Se você precisa trocar essa peça no seu veículo, faça com economia e qualidade. Confira no Ofertas Volvo nossas bombas injetoras de combustível!