Foi com a ajuda dos Volveiros que a gente conseguiu montar o nosso dicionário da estrada! Confira abaixo todas as gírias que só quem é estradeiro conhece. Sabe de mais alguma que não esteja aqui? Manda pra gente!

A
Areia doce = carga de açúcar.
Arrancar tinta = passar colado de fininho.
Assobiando = descer serra usando o retarder.

B
Banguela = ponto-morto ou pé na embreagem.
Barracão de zinco = caminhão baú.
Barriga de aço = tanqueiro, que leva petróleo.
Batendo lata = voltar com caminhão vazio.
Beberrão = caminhão que gasta muito diesel.
Bicheira = caminhão que sempre quebra.
Bicudo = caminhão com frente projetada e que abriga o motor sob o capô.
Bigode a bigode = briga entre dois caminhoneiros.
Bota/Botina = policial rodoviário.
Bucha = serviço ou carga ruim.

C
Cachorro-louco = carreteiro que anda como louco, imprudente, arriscado.
Caixa de abelha = rádio.
Cambão = barra de aço que serve para um veículo puxar outro.
Camisa 10 = patrão.
Cara-chata = caminhão com cabine frontal.
Cardeal = policial rodoviário paranaense.
Cargueiro = nome genérico dado a todo caminhão.
Cavalo traçado = caminhão trucado com dois eixos de tração (dois diferenciais).
Chapa = ajudante que carrega e descarrega o caminhão.
Cheiroso = caminhão de transporte de suínos.
Cristal = esposa.
Cristaloide = filho.
Condenado = motorista que transporta pedras das pedreiras.
Coruja = motorista que gosta de dirigir a noite.
Cupim-de-aço = motorista que não cuida e quebra o caminhão.

D
Da roça = caminhão graneleiro.
De leve = caminhão vazio.
Dona-de-casa = primeira marcha reduzida.
Doutor = motorista muito experiente, que ensina outros motoristas e que conhece muito de caminhão.

E
Elevador = que levanta o caminhão graneleiro para descarregar por gravidade.

F
Fazendo média = mantendo a marcha entre 1000 e 1200 rpm (10 a 13 giros) para economizar combustível.
Filé = serviço ou carga boa, de boa remuneração.
Fogão-de-pobre = cabeçote do motor que quando quente serve para cozinhar ou esquentar marmita.

G
Geladeira deitada = caminhão com câmera fria.
Grude = comida mal-feita e de baixa qualidade.

M
Mala de navio
= contêiner.
Marcha lenta = que não libera a pista ou não dá passagem.
Minhoca = cavalo-mecânico que traciona rodotrem canavieiro com 4 carretas ou mais.
Muriçoca = caminhão pequeno ou velho.

P
Palito doce = carga de cana-de-açúcar.
Pantaneiro = carreteiros que pegam muita enchente.
Patrolar = passar por cima.
Pé de breque = carro de passeio.
Pé-de-barro = carreteiro que pega muita lama.
Pé-de-breque = motorista que usa o freio em todas as curvas e a todo momento.
Pé-de-cana = motorista bêbado (o que NÃO pode).
Pente = dispositivo que se acopla na turbina do motor que produz sonoridade na aceleração e desaceleração.
Poeirinha = motorista que trabalha em estradas de terra.
Poldar = ultrapassar.

Q
QRA = código do motorista.
QRM = acidente ou incidente na pista.
QSJ = dinheiro.
QTH = localização.
Queimando borracha = motorista que não sabe usar o freio.

R
Romeu e Julieta = caminhão truck com carroceria sobre chassis que traciona carreta de 2 ou mais eixos, sendo o eixo da frente direcional.

S
Sonado = motorista que viaja por muitas horas sem dormir.
Suco do pica pau = quem carrega florestal.

T
Tapete preto/Tapetão
= estrada asfaltada.
Tartaruga/Lesma = caminhão lento.
Toco = caminhão de 2 eixos.
Traçado = caminhão com tração em 2 eixos.
Trucado = cavalo de três eixos.
Tubarão = caminhoneiro que tem um bom rádio.
Truck morto = caminhão com 3 eixos sendo somente um de tração.

V
Vinhaceiro
= caminhão que traciona carreta de vinhaça em usina de açúcar e álcool.

X
Xing-ling
= caminhão chinês.

Z
Zumbi
= que viaja mesmo com sono.