Diversos fatores podem influenciar na vida útil de um veículo, como a tração, suspensão, os pneus e o tipo de aplicação. Nos caminhões, por se tratarem de veículos mais caros e que requerem um grande investimento, é extremamente importante a manutenção preventiva regular. Confira aqui quais as principais causas de desgaste e como evitá-las:

1 – Só procurar o mecânico quando o veículo apresentar problema!
Você está sempre na estrada e por isso precisa fazer manutenção constante. E isso requer uma oficina autorizada, que conhece o seu veículo como ninguém e que terá as peças corretas para poder fazer qualquer substituição. Mesmo que você tenha um mecânico de confiança, o ideal é levar seu veículo apenas nas autorizadas, pois elas poderão fazer o melhor serviço para o seu caminhão e lhe oferecer garantia!

2 – Não checar a suspensão
A suspensão é um dos componentes responsáveis pela segurança do veículo. Ela também absorve as irregularidades da estrada e mantém a estabilidade do caminhão, e por isso deve receber um cuidado especial: cheque o estado da suspensão a cada três meses, e se o caminhão for utilizado para fretes com usos extremos, verifique a cada 30 dias! Calibre os pneus toda semana, verifique o estado das molas e faça o alinhamento ou troque as molas de acordo com o manual do proprietário.

3 – Não fazer a troca correta de óleos, filtros e pastilhas

Faça a troca dos itens de acordo com o indicado pelo fabricante do seu veículo. Deixar de fazer as trocas necessárias do filtro de ar, filtro de lubrificante diesel, bem como não verificar a temperatura do motor, podem comprometer o seu funcionamento e diminuir a sua vida útil. Quando o motor trabalha muito quente ou muito frio provoca desgaste prematuro.

4 – Rodar com excesso de peso
Um diagnóstico do Dnit aponta que 77% dos caminhões trafegam com peso acima do permitido. Excesso de peso e falta de fiscalização podem reduzir a vida útil dos caminhões! Todo veículo é fabricado com uma capacidade determinada que precisa ser respeitada. Quando essa capacidade é excedida, seja no peso total, seja no peso por eixo, há um efeito sobre a estabilidade do caminhão e isso pode causar acidentes. Além disso, o excesso de peso pode provocar danos à estrutura do veículo, e até estourar um pneu, já que cada unidade tem resistência para um limite de peso. Portanto, tome cuidado sempre e não carregue mais que o permitido para o seu tipo de caminhão.

Quer deixar seu caminhão sempre em dia? Acesse http://bit.ly/1R1atSF e confira os programas de manutenção Volvo!


Fonte: http://zh.clicrbs.com.br/, http://ampef.org.br/