Na hora de montar uma boa frota de trabalho, os administradores pensam em vários fatores antes de tomar sua decisão. Com certeza, a economia é o principal deles. Caminhões mais resistentes tendem a não terem muitos gastos com manutenção e estarem disposníveis por mais tempo.

Em Guarulhos (SP), a Transportadora Casa Verde é um exemplo de que uma boa gestão, com cargueiros preparados para os desafios da rodagem, geram economia para o frotista. A empresa conta com 39 caminhões Volvo FH, todos rodando na rota São Paulo – Nordeste, fazendo uma média de 6100 km (ida e volta).

O gerente operacional da empresa, Paulo Nelson Barra, explica que exigem trechos da estrada que exigem muito do caminhão e do motorista. Para garantir que os brutos continuem rodando, ele conta com o Serviço de Manutenção Volvo.

“Administramos a manutenção dos veículos seguindo rigorosamente as recomendações da fábrica. Fazemos as revisões e trocas de óleo nos períodos recomendados pela Volvo e só usamos peças genuínas. A manutenção é feita aqui na Auto Sueco de Guarulhos, sempre que possível, mas também nas concessionárias Volvo em Governador Valadares (Mg), em Natal (RN) e em Salvador (BA), quando é preciso atendimento de pós-venda para os caminhões que trafegam naquelas regiões”, explica.

O resultado dessa cuidadosa gestão se reflete nos modelos: brutos com mais de 14 anos, ultrapassando a marca dos dois milhões de km rodados sem abrir o motor, economia com manutenção e disponibilidade para qualquer viagem sempre.