Rodar pela estrada e encontrar lixo acumulado no acostamento é um cenário comum para quem trabalha dirigindo caminhões. A empresa que administra a Rodovia Régis Bitencourt, entre São Paulo e Paraná, recolhe cerca de três toneladas de lixo por dia.

Um papel de bala ou a bituca de cigarro pode parecer inofensiva. Mas quando jogados pela janela, eles acumulam no trecho, muitas vezes impedindo o funcionamento do sistema de drenagem nas rodovias. Quando isso acontece, você já sabe: a água da chuva invade a pista, criando uma situação propícia para a aquaplanagem, resultando em acidentes. A garrafa plástica vazia pode ser leve e inofensiva, mas quando arremessada de um veículo em movimento a 90km/h, ela pode ganhar a força de um objeto de 4kg – o suficiente para fazer um bom estrado no parabrisa alheio.

O blog do Programa Volvo de Segurança no Trânsito explica que jogar objetos de dentro do veículo é considerada infração média, com multa de R$ 85,13 e quatro pontos na carteira. No entanto, rodar com  veículo derramando, lançando ou arrastando objetos é infração gravíssima, com multa de R$ 191,00 e sete pontos.

Faça a sua parte: guarde o seu lixo na boleia e descarte na hora de fazer uma parada. Assim você garante um trânsito mais seguro para todos e uma estrada mais limpa para rodar.