Peça fundamental para a segurança dos motoristas, os faróis também são uma forma de comunicação com quem também está no trecho. A boa utilização deles colabora com a convivência no trânsito e pode até mesmo ajudar os demais condutores em determinadas situações.

Por isso, vale a pena ficar atento ao que diz o Código Brasileiro de Trânsito sobre o bom uso dos faróis:

1) Utilize os faróis baixos durante a noite. Durante o dia, utilize apenas ao passar por túneis.

2) Luz alta só deve ser utilizada à noite, em vias sem iluminação. Se houver um veículo a sua frente, ou se aproximando no sentido contrário, retorne para a luz baixa. Assim você mantém a sua visibilidade e não prejudica a visão dos demais motoristas.

3) Ficar alternando as luzes alta e baixa por um curto período de tempo pode ser usada para indicar a intenção de ultrapassar o veículo à frente ou alertar sobre algum risco os motoristas que seguem no sentido contrário.

4) Você também pode sinalizar a intenção de ultrapassagem usando a seta para a esquerda.

5) Utilizar os faróis de posição do cargueiro (lanterna) em situações de chuva forte, neblina ou cerração. Assim você mantém a sua visibilidade e ajuda os demais a se guiarem em baixa visibilidade.

6) Durante a noite, utilize as luzes de lanterna quando estiver parado em situações de embarque/desembarque ou carga/descarga.

Além disso, antes de seguir viagem, não custa nada verificar como estão as luzes do seu bruto.