Uma carga mais pesada, uma curva a frente e quando vê, o caminhão capota. Infelizmente, boa parte dos acidentes com lesões graves e óbitos entre os estradeiros ocorre por causa de capotamento. O perigo também aumenta para os demais motoristas (de caminhão ou não) que podem sofrer as consequências diretas de uma manobra feita em alta velocidade.

Os capotamentos geralmente acontecem em caminhos rurais, estradas, curvas e em rampas de saída ou entradas de estradas. Os brutos que levam cargas altas e estreiras podem tombar em uma curva com velocidades baixas. Cargas instáveis, como carnes, animais e líquidos, podem balançar dentro da carreta e colaborar para que o caminhão vire nas curvas.

A principal dica está em reduzir a velocidade com antecedência, e nunca exceder o limite indicado pelas placas. Pelo contrário, diante de uma curva e dependendo da sua carga, o melhor é diminuir a velocidade para menos do que é indicado no trecho.