A Volvo do Brasil recebeu, em São Paulo, o prêmio de empresa mais sustentável do ramo automobilístico do Guia Exame de Sustentabilidade 2014. É a primeira vez que uma empresa do setor recebe este prêmio. A montadora se destacou, especialmente, na dimensão ambiental pela gestão em eficiência energética.

Entre os valores corporativos da Volvo está o respeito ao meio ambiente. O resultado deste esforço se reflete nos brutos cada vez mais modernos e econômicos, e impactando cada vez menos na natureza. Em dez anos, a Volvo reduziu em 63% do consumo de energia necessário para a produção de um veículo e em 48,5% as emissões de gás carbônico.

Para atingir esse resultado foram adotadas medidas como o aproveitamento do calor gerado pelas máquinas de usinagem de motores para esquentar a água dos chuveiros dos vestiários, instalação de inversores de frequência para o desligamento de máquinas que não estão em uso, melhorias no sistema de iluminação, reciclagem de resíduos sólidos, entre outras. A empresa também obteve boa pontuação na dimensão social, em razão de programas voltados à mobilização da sociedade para a segurança de trânsito e ações envolvendo a comunidade do entorno da fábrica.

A análise das empresas para a escolha das mais sustentáveis é focada em quatro dimensões: geral, que aborda transparência e a governança da sustentabilidade dentro da companhia e o engajamento das partes interessadas; econômica, que avalia o planejamento, a gestão de riscos e oportunidades, o tratamento de ativos intangíveis e o desempenho das empresas; social, sobre políticas e práticas de relacionamento com diferentes públicos, como funcionários, fornecedores, clientes, consumidores, sociedade e governo; e ambiental, que analisa o compromisso com a preservação ambiental, com medidas como a gestão do consumo de água e de emissão de resíduos.