Daqui a pouco você estará rodando no trecho e encontrará no meio do caminho o FH 16 750. As primeiras unidades do caminhão mais potente do mundo já foram entregues para um grupo de transportadores brasileiros, que trabalham com máquinas, equipamentos e componentes com grandes dimensões de peso, normalmente utilizados nas indústrias ou em obras de infraestrutura.

O FH16, na configuração cavalo mecânico 8×4, é equipado com o consagrado D16G, um motor de 16 litros, e a mais moderna e segura cabine do mundo. O motor de 750cv permite manter velocidades médias mais altas, mesmo nas subidas e inclinações mais íngremes, garantindo maior produtividade. Com maior potência de frenagem auxiliar, é possível poupar componentes do sistema de freios e diminuir gastos com manutenção. O caminhão conta com capacidade de tração de até 250 toneladas, motor de 750 cv de potência, torque de 3550 Nm, freio motor VEB mais retarder com potência de frenagem de até 1180cv, e a caixa de câmbio inteligente I-Shift.

Pensando na segurança do motorista, o FH 16 750 possui um sistema anti-intrusão frontal, que garante máxima absorvição de impacto em caso de acidente, airbag, Alcolock (sistema que bloqueia a partida do veículo caso detecte que o motorista ingeriu bebida alcoólica), controle eletrônico de frenagem, controle de tração e auxilio de partida em rampa.

As empresas que estiveram no complexo industrial da Volvo, em Curitiba, para retirar os brutos, são a Transpes, de Belo Horizonte; Transdata, de São Paulo; Grupo Santin, de Araraquara; Transportes Pesados Blumenau e Transportes Gislon, de Blumenau; e Opencargo, de Porto Alegre.

O FH 16 750 foi o modelo escolhido pelo presidente da Volvo do Brasil, Roger Alm, para rodar pelas estradas brasileiras a convite do jornalista Pedro Trucão do programa Pé Na Estrada:

Está curioso para saber como estes brutos vão se comportar na estrada? Então acompanhe a gente no Facebook e aguarde novidades!