É fato que o estradeiro, quando está no volante, encontra no seu caminho belas paisagens, seja no campo ou na cidade. Muitas delas são dignas de pintura, não é verdade? Pois o colega Rone Cândido Lacerda também pensa o mesmo, buscando inspiração nos cenários vistos pela janela do seu bruto e transformando isso em belos quadros.

Enquanto entrega o frete, Rone observa o caminho e, sempre que pode, faz uma fotografia de algo que lhe chama a atenção. A foto serve como aliada para que ele reproduza o que viu utilizando a pintura de óleo sobre tela.

O artista começou no mundo dos caminhões quando ainda era adolescente e trabalhava como chapa – realizando a carga e descarga dos brutos em Belo Horizonte. Hoje ele tem o seu caminhão e trabalha com transporte de alimentos perecíveis na região metropolitana da capital mineira. Já no mundo das artes, desde criança Lacerda desenhava, e com um incentivo de um amigo da família, começou a pintar. Seus primeiros clientes foram os colegas de estrada. Hoje ele possui duas lojas para vender seus quadros, e atende sob encomenda. Lacerda já expôs seus trabalhos em países da Europa e participou de diversas mostras.

E você? Entre um frete e outro realiza alguma atividade artística? Conta pra gente!