Quem está acostumado a cair na estrada todo dia sabe que ela é repleta de perigos. Tanto que não há quem não tenha presenciado ou sofrido algum imprevisto a bordo de seu bruto. Nessas horas, estar preparado é fundamental para prestar assistência a quem precisa. Por isso, fique atento as nossas dicas sobre como agir diante de um acidente:

– Antes de ajudar, cuide da segurança.
Ao avistar um acidente, não pare o seu bruto no meio da estrada. Encoste em um local seguro e longe da batida. Sinalize a estrada para avisar os demais motoristas e evitar que novos acidentes aconteçam. Afaste os curiosos isolando a área, e evite se aproximar caso haja o envolvimento de carga qúimica ou inflamável. Nessas horas, é bom parar e tentar observar o que está acontecendo para poder avisar o socorro.

– Não mexa na vítima.
Não se deve movimentar acidentados se houver suspeita de fratura na coluna ou se estiverem inconscientes. Se a vitima sentir dores no pescoço, formigamento ou paralisia nas extremidades do corpo, aguarde o socorro médico. Nessas horas, um movimento na tentativa de ajudar pode agravar a lesão. Não alimente ou dê água para as pessoas – além do risco de afogamento, isso prejudica a realização de uma cirurgia de emergência. Em caso de perfuração por objeto, tentar removê-lo pode aumentar a hemorragia e danificar tecidos que estavam intactos.

– Assistência emergencial.
Procure acudir primeiro as vítimas de acidentes que estejam conscientes. Caso haja algo bloqueando a passagem de ar das mesmas, envolva sua mão num saco plástico ou pano limpo e tente retirar da boca da vítima o que quer que seja. É comum que pessoas nessa situação tenham vomitado, por exemplo. Também pode haver uma prótese dentária ou mesmo a própria língua. Se houver sangramentos, estanque com a mão envolvida em saco plástico ou pano e evite torniquetes.

Vale a pena registrar no celular os números de emergência:

– Polícia Rodoviária: 190
– Corpo de Bombeiros: 193
– Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU): 192