Um dos maiores fabricantes mundiais de caminhões, a Volvo apresenta na Fenatran 2013 o que há de melhor e mais avançado em caminhões e em soluções de transporte. A começar pelo FH16, o caminhão mais potente do mundo, com um motor de 16 litros e 750cv, indicado principalmente para o transporte de cargas indivisíveis. “Somos líderes mundiais quando se trata de produzir caminhões com segurança, qualidade e respeito ao meio ambiente”, declara Roger Alm, presidente do Grupo Volvo América Latina.

 

A Volvo também está exibindo os seus novos caminhões VM. “Atualizamos a linha VM para reafirmar nosso compromisso de oferecer o que há de melhor nesta classe de veículos”, diz Francisco Mendonça, gerente de caminhões da linha VM. Além dos novos  modelos 4×2, 6×2 e 6×4, agora a Volvo produzirá os VMs nas configurações 8×2 e 8×4. Eles têm um visual completamente diferente da geração anterior. A cabine do novo VM tem uma aparência muito próxima à dos novos caminhões FH lançados recentemente.

A quarta geração de caminhões da linha VM que está sendo apresentada na Fenatran poderá, em breve, sair de fábrica equipada com a renomada caixa de câmbio eletrônica I-Shift, reconhecida internacionalmente por proporcionar uma série de benefícios. “É uma transmissão que experimentou um sucesso espetacular em poucos anos”, destaca Bernardo Fedalto, diretor de caminhões Volvo no Brasil.

 

Financiamento

A Volvo Financial Services oferecerá diversas opções para aquisição dos caminhões Volvo na Fenatran 2013. A VFS tem um banco voltado para a oferta de soluções integradas aos clientes nos diversos segmentos de transporte, que agreguem valor e facilitem o dia a dia do transportador.

“Na Fenatran, teremos opções de financiamento, seguros e consórcio”, afirma Márcio Pedroso, presidente da Volvo Financial Services Brasil. Os novos caminhões VM e toda a oferta de veículos da marca estão amparados pela área de pós-venda.

São produtos e serviços que aumentam a disponibilidade dos veículos e a rentabilidade do transportador. “Trabalhamos continuamente para fazer com que o caminhão fique o máximo de tempo disponivel para o traballho, aumentando assim a produtividade da operação”, declara Reinaldo Serafim, gerente de pós-venda comercial da Volvo do Brasil.

Entre as soluções desenvolvidas pelo pós-venda estão: programas de manutenção, peças e lubrificantes genuínos, peças remanufaturadas Volvo (Reman) e o Volvo Atendimento Rápido (Voar) e o serviço de atendimento emergencial da marca.

 GNL e diesel

A Volvo ainda está expondo na Fenatran o  primeiro caminhão movido a GNL (Gás Natural Liquefeito) e a diesel que está sendo testado no Brasil: um FM 460cv, movido com aproximadamente 70% GNL e o restante a diesel. “Esta é uma tecnologia viável.

 

O gás liquefeito é uma importante alternativa para os atuais combustíveis”, declara Sérgio Gomes, diretor de estratégia de caminhões do Grupo Volvo América Latina.