Em mais uma de suas andanças pelo Brasil para conhecer de perto a realidade das estradas, dos motoristas e das concessionárias da marca, o presidente da Volvo do Brasil, Roger Alm, rumou em setembro para a Dipesul, em Canoas (RS).A razão da visita foi conhecer e trabalhar com a equipe finalista do Vista 2012-2013 – a competição mundial da Volvo que tem a meta de aprimorar a capacidade técnica dos profissionais dos concessionários da marca. A equipe da Dipesul foi uma das vencedoras da etapa sul-americana, ao lado das equipes da Treviso Betim e Macasa Equador. Todas disputaram a final mundial na Suécia, em junho. A vencedora final da competição foi uma equipe da Finlândia. A equipe da Dipesul ficou em 14º lugar e o eletricista Matheus Henrique de Avila foi eleito o melhor líder de equipe entre todos os participantes.

Na Dipesul em Canoas, por um dia inteiro, Roger Alm trabalhou em diversos setores da concessionária. Participou de atividades na oficina, no Pit Stop Volvo (para troca de óleos e filtros) e, também, na venda de peças no balcão e no tele atendimento. “Não mudamos a rotina da concessionária e o presidente teve a oportunidade de perceber bem como é o funcionamento de todo o nosso pós venda”, conta Joel Beckenkamp, diretor-executivo do Grupo Dipesul.

As atividades de Roger Alm na concessionária começaram às 7h30, com apresentação do presidente à equipe. Em seguida, vestiu uniforme e equipamentos de segurança. Na sequência, foi para a oficina onde recebeu a ordem de serviço e iniciou a execução do trabalho com os integrantes da VTT. “Ele falou que nós éramos os chefes da equipe, então fez tudo, só alcançamos as ferramentas”, conta o eletricista Bento Cesar Luiz Fischer, que fez parte da equipe, junto com Matheus, Josimar da Rosa Melo e Sílvio Bandas. “E o presidente fez o que era preciso – botou a mão na graxa e consertou o caminhão”, completa Bento.

 

O problema no veículo atendido, relacionado ao consumo do Arla 32, foi resolvido e aprovado: “Esse tipo de atividade do presidente da Volvo permite entrosamento e integração com os funcionários. Na posição dele é importante conhecer a realidade para saber como cobrar resultados”, afirma Orélio Bianquini, sócio-proprietário da transportadora Gavasso e Bianquini e dono do veículo consertado por Roger. Dos 20 caminhões da transportadora, 16 são Volvo.

 

Na oficina, Alm fez também uma troca de óleo e filtros no Pit Stop Volvo. No período da tarde partiu para a venda de peças no balcão e, depois, no teleatendimento. “Foi muito estimulante a oportunidade de trabalhar com os ganhadores do Vista na Dipesul. É importante sentir como é a rotina e o relacionamento com os clientes. Agora estou ansioso pelo dia em que trabalharei também com a equipe da Treviso”, afirmou o presidente da Volvo do Brasil.