Possibilitar que caminhoneiros, tanto autônomos como representantes comercias, abatam o pedágio do Imposto de Renda é o objetivo do Projeto de Lei 4843/12 proposto pelo Deputado Diego Andrade (PSD-MG).

Segundo o deputado, os caminhoneiros sofrem com vários riscos no dia a dia, como quadrilhas de roubos de cargas e má conservação de estradas. Além disso, esses motoristas também sentem mais as mudanças nos preços de pedágio. Segundo Andrade, como os contratos de  concessões de rodovias são de longa data, os caminhoneiros devem ter tratamento diferencial.

A Volvo quer saber: se aprovada, essa lei beneficiaria você e seu trabalho?

Fontes: O Estradeiro e Editora Na Boléia