Os caminhões da linha VM da Volvo, já reconhecidos no mercado por seu alto desempenho, versatilidade e economia de combustível, estão se destacando como um veículo ideal para as atividades de combate a incêndios e de salvamento realizadas pelo Corpo de Bombeiros.

“As vendas de VM para o Corpo de Bombeiros aumentaram significativamente. O modelo tem se mostrado ideal para operação dos bombeiros por sua alta disponibilidade, característica fundamental para um caminhão que precisa estar sempre a postos, preparado para entrar em ação”, afirma Francisco Mendonça, gerente da linha VM da Volvo no Brasil.

De acordo com dados da Mitren, tradicional marca de veículos de combate a incêndios e salvamentos, o VM já responde por 25% das vendas da empresa, em menos de dois anos no seu portfólio. “Esta participação do VM nos nossos negócios tende a crescer, pois são veículos de qualidade reconhecida pelos clientes”, diz André Xavier, supervisor de vendas da Mitren.

Um dos diferenciais do VM para a aplicação como caminhão bombeiro é a sua excelente dirigibilidade, com um raio de giro que facilita as manobras dentro da cidade.  O modelo é fabricado com um tipo de aço altamente resistente e flexível, e possui o chassi mais reforçado e mais leve do mercado, o que permite uma capacidade de carga maior. “Por ser um veículo leve, mesmo com um implemento pesado, responde com um excelente desempenho, chegando aos locais mais rápido, o que é fundamental  para as operação dosbombeiros”, diz Glauber Fujita, gerente regional de vendas da Volvo do Brasil .

No final de 2012, a Volvo vendeu 18 caminhões para o Corpo de Bombeiros de Pernambuco e outras seis unidades para o da Bahia. Os veículos, todos da linha VM, foram negociados pela concessionária Gotemburgo e serão entregues totalmente prontos.

Os caminhões de Pernambuco são 4×2 com 270cv e serão implementados como Auto Bomba Tanque. Já os da Bahia serão usados como Auto Bomba Salvamento e Auto Bomba Tanque.