A Reiter Log, de Nova Santa Rita (RS), oferece suporte logístico a algumas das grandes indústrias de carnes e derivados do país. A empresa é líder em transporte de carga refrigerada no Brasil. Atende grandes frigoríficos, como Perdigão, Sadia, Alibem, Seara e Marfrig. Com uma frota de mais de 500 veículos, entre caminhões e carretas, percorre todo o Brasil e também países do Mercosul. Opera em todos os ciclos da cadeia. Faz desde a coleta do gado bovino e ovino das fazendas para os frigoríficos até a distribuição do produto final para supermercados, cadeias de lanchonetes e outros.

Em seu Centro de Distribuição próprio em Nova Santa Rita, a 20 quilômetros de Porto Alegre, armazena produtos frigorificados com tecnologia de última geração. Controla a temperatura em diferentes gradações. O tamanho e a complexidade de suas operações se encontraram com a Volvo e a qualidade de seus produtos. Ao renovar e ampliar a frota, a Reiter Log comprou, no final de 2010, 238 novos caminhões Volvo, que foram entregues no primeiro trimestre de 2011. Foram 55 FHs e 183 VMs. Entrou para a história por realizar a maior compra individual de caminhões Volvo VM, desde que começaram a ser produzidos no Brasil. “A opção pela marca foi essencialmente técnica”, define o diretor da Reiter Log, Vinicius Pilz.

FROTA MODERNA E DIVERSIFICADA. Os mais de 500 veículos próprios têm idade média inferior a um ano. É a maior frota entre as operadoras do segmento. E também a mais moderna, informa a empresa, que usa veículos de diversos portes. Predominam os semipesados nas operações de distribuição e pesados nas transferências. Os semipesados também são muito usados no transporte do gado vivo para os frigoríficos.

Neste caso, uma configuração bastante usada pela Reiter Log é a versão conhecida como Romeu e Julieta. O veículo é o Volvo VM 4×2 reboque de dois eixos atrelado. A empresa também usa o VM na versão 4×2 trator com carreta boiadeira de dois eixos, além dos VMs 4×2 e 6×2 plataforma (trucks refrigerados). Nas operações de transferência, emprega os caminhões FH.

ECONÔMICO E CONFORTÁVEL. “Testamos o VM e ele foi o veículo que apresentou a melhor relação custo-benefício. Apresentou o melhor resultado na análise geral, mesmo com investimento inicial um pouco maior para a aquisição”, ressalta o diretor da Reiter Log.

De acordo com Pilz, “o veículo tem bons resultados tanto em economia de combustível quanto em custos de manutenção e disponibilidade operacional. É também o preferido dos motoristas, por causa do nível de conforto da cabine”. Em relação aos FHs, a empresa também já possuía os modelos. Os bons resultados definiram a compra.

O executivo destaca que o transporte é parte fundamental da atividade por causa do suporte completo em logística aos clientes. “Grande parte da nossa frota é com contrato de veículo dedicado, por isso, temos que obter o melhor resultado, na ponta do lápis, para oferecer a melhor solução ao menor custo possível para nossos clientes. O item mais importante é a disponibilidade dos veículos”, afirma.

Na logística da carne, além de oferecer transporte para grandes volumes, é preciso garantir entregas rápidas e seguras. Isso exige controle pleno das condições em que os produtos são transportados. Além do transporte de cargas vivas em equipamentos boiadeiros e cargas frigorificadas para a indústria de carnes e derivados, a Reiter Log também trabalha com cargas secas e graneleiros. Os veículos operam em todo o Brasil, Uruguai, Chile, Paraguai e Argentina.

Fonte: Revista Eu Rodo

Texto: Luiz Carlos Beraldo

Fotos: Ito Cornelsen