Para conhecer a realidade dos motoristas de caminhão que trabalham pelas estradas do Brasil, o presidente da Volvo na América Latina, Roger Alm, aceitou pelo segundo ano consecutivo o convite do jornalista Pedro Trucão e caiu na estrada. Em uma viagem que durou dois dias, ele deixou o escritório, em Curitiba, e partiu, no dia 31 de maio, para o Mato Grosso.  Foram 217 km de pura experimentação no trajeto “Rondonópolis / Cuiabá”.

O objetivo era conhecer a realidade da região, um dos principais corredores de transporte de grãos do país, e ouvir os questionamentos e sugestões dos motoristas, que diariamente enfrentam a rotina de guiar por estradas nem sempre em boas condições driblando o cansaço e a saudade de casa. Tudo isso carregando parte considerável da economia do Brasil e visando garantir o sustento de suas famílias. Outro objetivo do presidente era observar o desempenho do Volvo FH 540 – top de linha – em um trecho estreito e com intenso movimento de bitrens.

O percurso começou na concessionária Auto-Sueco de Rondonópolis, onde Roger retirou o caminhão e aproveitou para conhecer pessoalmente mecânicos e caminhoneiros. De lá, partiu pela BR 163 e fez uma breve parada no Posto Locatelli. O almoço, no dia 1º de junho, foi no Posto Martelli, em Jaciara, lugar onde Roger ouviu opiniões sobre dirigibilidade, conforto e sistemas que integram os veículos.

A última parada foi no Posto Locatelli de Cuiabá. Ali, depois de uma peixada oferecida por Aldo Locatelli, um dos donos do posto, Roger reviveu na prática a experiência de passar a noite na boleia. Experimentou o conforto do espaço interno de 2,89 metros de altura da cabine e usufruiu de todos os itens ali disponibilizados para os viajantes.

Durante todo o trajeto, o presidente teve ainda a oportunidade de saber o que pensam as pessoas sobre a regulamentação da profissão de motorista, ouvindo tanto os autônomos como os contratados pelas transportadoras.

Para finalizar, já na madrugada do dia 02 de junho, Roger participou ao vivo do programa de rádio de Pedro Trucão, onde interagiu com os caminhoneiros presentes e também com os que entraram em contato por telefone ou mensagem de texto. “É com este contato direto com as pessoas que usam os caminhões Volvo – e de outras marcas também – que o presidente consegue levar para a fábrica ideias sobre como melhorar itens que vão desde os retrovisores até a troca de marcha durante as viagens”, acredita Trucão. “O aprendizado é tamanho que vi ele pegar o telefone e ligar para seus engenheiros durante as paradas para compartilhar suas impressões”, acrescenta o jornalista.

Sobre a experiência, Roger comenta: “É sempre muito prazeroso e produtivo interagir com quem usa nossos caminhões e com quem leva a vida nas estradas. Ouvir opiniões e conhecer histórias ajudam a trabalharmos para oferecer caminhões cada vez melhores e mais seguros.”

Veja algumas fotos na galeria abaixo..

Outros detalhes dessa jornada, você acompanha durante todo o mês neste mesmo canal. Até a próxima!