O “Mean Green”, caminhão híbrido mais rápido do mundo, ficou ainda mais veloz. O híbrido da Volvo estabeleceu novos recordes mundiais no dia 27 de abril, no histórico aeroporto de Wendover, em Utah. O veículo superou suas marcas anteriores no “standing kilometer”* e no “flying kilometer”**.

“Estamos muito satisfeitos com o desempenho médio do Green, especialmente em tamanha altitude”, disse Boije Overbrink, motorista e proprietário do híbrido. “Sabíamos que Wendover apresentaria problemas, por ser cerca de 4.200 pés (1.280 metros) acima do nível do mar. Para compensar o ar rarefeito e ajudar a evitar o superaquecimento nós reduzimos a força do caminhão em 20%. Mesmo com a redução no potencial de produção total, o ‘Mean Green’ tinha poder suficiente para superar os recordes anteriores”, completou.

Em seu último desafio, o “Mean Green” atingiu as seguintes velocidades :
Flying Kilometer – 236,577 km/h
Standing Kilometer – 153,252 km/h

 

* Standing kilometer – O caminhão inicia o percurso completamente parado, percorrendo 1.000 metros em uma direção e depois na contrária. A velocidade média das duas corridas é a oficial.
** Flying kilometer – O caminhão já está em movimento antes de atingir o curso definido de 1.000 metros em cada direção.