Selo Premiada 2009
A Volvo do Brasil venceu o PNQ (Prêmio Nacional da Qualidade), o maior reconhecimento à excelência na gestão das organizações sediadas no Brasil. A Volvo é a primeira montadora de veículos a receber esta distinção em 18 anos de existência do prêmio. No ano passado, a empresa já havia sido reconhecida com a premiação como “Destaque em processos”.

Confira abaixo a entrevista com Ivilásio Coelho, coordenador dos sistemas de gestão Volvo, sobre a conquista do Prêmio PNQ.

A adoção do Modelo de Excelência da Gestão da FNQ (Fundação Nacional da Qualidade) está contribuindo decisivamente para manter e melhorar a gestão pela qualidade na Volvo do Brasil.

“Fazemos parte de um grupo industrial com um histórico de busca pela excelência que remonta à fundação da empresa na década de 20. No Brasil, a Volvo sempre se empenhou em manter e ampliar a gestão pela qualidade”, afirma Tommy Svensson, presidente da Volvo do Brasil, ao lembrar que a subsidiária brasileira está totalmente integrada ao sistema global de qualidade da marca. O Modelo de Excelência da Gestão da FNQ foi adotado no Brasil em 2003.

“A adoção destes critérios ajuda a melhorar nosso desempenho em busca da excelência em diversas áreas da organização”, declara Ivilásio Coelho, coordenador dos sistemas de gestão Volvo. “E contribui ainda para nos tornar mais competitivos, aliando o crescimento da organização ao desenvolvimento sustentado e à responsabilidade socioambiental”, completa Carlos Morasssutti, diretor de RH e assuntos corporativos da Volvo do Brasil.

Fundada sobre os valores essenciais de qualidade, segurança e respeito ao meio ambiente, a Volvo sempre esteve à frente de seu tempo nestas áreas. A qualidade, por exemplo, está no “DNA” da marca e é um processo em constante aprimoramento. Esta busca por excelência está, inclusive, presente nas relações entre as pessoas. O chamado The Volvo Way – em português “o jeito Volvo de ser” – é a filosofia interna da empresa, que mostra os valores e a cultura corporativa da organização. “Energia, paixão e respeito” é um lema há muito tempo conhecido pelos empregados, faz parte da cultura corporativa da Volvo.

Nesta contínua procura pelo aperfeiçoamento e excelência, a Volvo se organizou para trabalhar com conselhos estruturados seguindo o modelo de excelência e gestão da FNQ que são divídios nas áreas de “Liderança”, “Estratégia e Planos”, “Clientes”, “Sociedade”, “Informação e Conhecimento”, “Pessoas” e “Processos”. Por conta deste trabalho, a empresa colhendo excelentes resultados em todas as áreas de negócios.

Estes progressos se refletem, inclusive, em vários reconhecimentos e premiações da própria sociedade. Este ano, a Volvo foi considerada uma das melhores empresas para trabalhar no Brasil em rigorosa pesquisa feita pelas revistas Exame-Você S/A, da editora abril. Também este ano a Volvo do Brasil foi reconhecida como a Mais Admirada entre as montadoras de caminhões do país pela terceira vez consecutiva.

São muitos os exemplos de melhorias implementadas nos últimos seis anos em razão da adoção do Modelo de Excelência da Gestão da FNQ: benchmarking, o uso de referenciais comparativos, a gestão do capital intelectual, maior alinhamento de indicadores com os objetivos estratégicos e a definição de um modelo de aprendizado são alguns dos exemplos destes avanços.

Reconhecida internacionalmente como uma das instituições que são referência mundial nesta área, ao lado da norte-americana Malcolm Baldrige e da EFQM (Europeun Foudation for Quality Management), a FNQ mantém um modelo sistêmico de gestão adotado por inúmeras organizações de classe mundial. “Ser indicado ao PNQ (Prêmio Nacional da Qualidade) é o mais alto reconhecimento no Brasil da gestão de uma empresa pela qualidade”, destaca o presidente da Volvo do Brasil.

Maior centro brasileiro de estudo, debate e irradiação de conhecimentos sobre excelência em gestão, a FNQ utiliza os chamados Critérios de Excelência, que incorporam em seus requisitos as técnicas mais atualizadas e bem-sucedidas de administração de organizações.